DaazCavernas desde o início tornando mais fácil o desconto para você!

Pessoal resolvi escrever um pouco sobre animais domésticos, pois sou apaixonado por eles!

Antes vou contar uma curiosidade que encontrei ao preparar este artigo.

Você sabia que no dia 4 de outubro é celebrado em vários países o Dia Mundial do Animal?

A data foi escolhida em 1931 durante uma convenção de ecologistas em Florença.

A escolha teve em conta o fato do dia 4 de outubro ser o dia de São Francisco de Assis, o Santo padroeiro dos animais.

Animais domésticos e exóticos

Vamos falar um pouco sobre cães, gatos e outros animais domésticos além de dar algumas dicas de cuidados e alimentação.

Entenda quais animais domésticos correspondem ao seu perfil.

Está pensando em adotar ou adquirir animais domésticos, então pesquise antes se ele é compatível com seu perfil, pois cada pessoa tem o perfil ideal com seus animais domésticos, lembrando que dependendo da escolha você terá a companhia dele por vários e vários anos.

Pense bem no tamanho de sua casa e adquira um que seja compatível.

Casa pequena, animais domésticos pequenos. Isso vale muito para quem irá adquirir um cachorro.

Animais domésticos grandes em casas pequenas acabam estressando e dificultando a adaptação do animal, pois eles ficam muitas horas sozinhos quando os donos vão ao trabalho.

E quando vou trabalhar ou viajar?

viajar-animais-domesticos

Caso seu animal fique muito tempo sozinho procure comprar brinquedos para eles se distraírem, mas lembre-se ele não irá substituir o tempo que você pode dar a ele.

Durante o período de férias, caso vá viajar, verifique quem irá cuidar dos seus animais domésticos, oriente bem para seguir corretamente as recomendações.

Hoje existem empresas especializadas nesta finalidade com preços mais acessíveis.

Passeando com seus animais domésticos

passear-animais-domesticos

Procure manter seus animais domésticos dentro de casa e nunca na rua.

Quando for passear, sempre na coleira ou guia não esqueça de levar o saquinho e colher as fezes, seja consciente. Seu animal não tem culpa.

Zele sempre pela saúde de seus animais domésticos, procure dar atenção, ambiente adequado e muito, muito carinho.

Adoção de animais domésticos

No Brasil temos hoje milhões de animais abandonados devido à falta de consciência de quem faz a aquisição.

Se optar por fazer adoção por animais domésticos adulto ele se adaptará facilmente a um novo lar, basta carinho e atenção.

Atualmente em shopping e lojas especializadas costumam realizar feiras de adoção.

Alimentação de animais domésticos

alimentação-animais-domesticos

Cães e gatos necessitam de alimentação balanceada de qualidade, água limpa e fresca.

Alimento de ser-humano não foi feito a seus animais domésticos, caso opte em dar alguns alimentos humanos a seus animais siga alguns cuidados:

Carne e peixe cozidos e sem tempero.

Alimentos cruz podem causar intoxicação devido as bactérias.

Caso substitua o arroz pela ração não utilize temperos tipo sal, cebola, alho, entre outros. Eles podem causar irritação no intestino e estomago.

Alimentos com lactose podem causar vomito, diarreia e coceiras, não dê leite e derivados.

Bebidas alcoólicas nem pensar!

Você sabia que hoje existe cerveja especializada para cachorro? Procure em uma loja especializada.

Frutas pode parecer uma boa opção, mas evite as ácidas e com semente pois fazem mal ao estomago e pode causar inflamação e obstruir os intestinos.

Podem comer banana, melão, melancia, maça, pera, figo e muitas outras.

Evitar comer abacaxi, manga, laranja, morango, tangerina, uva, coco, abacate, caju, kiwi.

cerveja-para-animais-domesticos

Cuide da saúde de seus animais domésticos, dê um abrigo, comida, banho, escovação, exercícios, vacinas e consulte sempre um médico veterinário.

Castrar meus animais domésticos é a melhor opção?

Caso não deseje que seu animal procrie, evite as crias indesejadas realizando a castração.

Castrar seus animais domésticos, muitas vezes, é uma ação necessária, obtendo múltiplos benefícios, tais como melhoras no comportamento, prevenção de doenças e melhor qualidade de vida.

Embora muitos donos discordem desta medida, a verdade é que castrar seus animais domésticos pode ser benéfico, tanto a saúde física quanto a saúde emocional.

Existem poucas desvantagens desta prática, se feita na idade correspondente.

É necessário ressaltar que a castração não é inteiramente responsável pelo comportamento dos animais domésticos. Este depende de outros fatores, como a genética, a quantidade de hormônios e o ambiente em que eles vivem.

A idade em que o procedimento é realizado também é um fator importante, pois se o animal for castrado um pouco mais velho, será mais difícil perder hábitos já consolidados.

castrar-animais-domesticos

Mitos e Verdades sobre seu cão e gato

✅ Cadelas e gatas podem ter filhotes de pais diferentes?

Quando a fêmea copula com machos diferentes, pode ter cada óvulo fertilizado por espermatozoide de pais diferentes, durante o período de cio.

⛔ As fêmeas só podem ser castradas após primeiro cio?

Quanto antes melhor, isso pode evitar doenças no sistema reprodutor.

⛔ Comer grama faz mal?

Pode adicionar fibras ao intestino e ainda fazem regurgitação caso sintam o estomago enjoado.

✅ Os animais domésticos compreendem seus donos quando falam?

Eles entendem conforme o tom de voz, passando demonstração de carinho, afeto e até quando usamos um tom mais alto dando bronca.

✅ Formigas próximos a urina pode ser sinal de diabete?

Podem indicar excesso de açúcar na urina, leve seu animal para realizar um exame e tirar a dúvida.

⛔ Focinho quente é sinal de febre?

Para verificar se o animal está com febre realmente é preciso mediar a temperatura através do reto, utilizando termômetro.

✅ Não podemos misturar ou trocar as rações entre cães e gatos?

Mesmo que você tenha os dois animais em casa não deixem que comam as rações um do outro isso pode alterar em seu desenvolvimento.

⛔ Gatos caem de pé sempre?

Nem sempre caem em pé, a tendência de caírem de pé é quando estão em uma altura em que dê tempo de virar o corpo, isso ocorre porque eles possuem um forte senso de equilíbrio e conseguem girar o corpo rapidamente com as quatro patas.

⛔ Cães e gatos enxergam em branco e preto?

Eles enxergam cores de uma maneira diferente que os seres humanos, eles não identificam todas as cores, além de enxergarem menos definido e desbotado eles só identificam o vermelho e azul.

✅ Quando os gatos estão felizes eles ronronam?

Além deles se esfregarem nas pernas das pessoas eles ronronam para se expressar.

⛔ Após o macho ser castrado deixa de fazer xixi em casa e marcar território?

Caso tenha outros animais domésticos em casa é provável que continue com o mesmo hábito.

⛔ O Cachorro só abana o rabo quando está feliz?

Ele também pode abanar o rabo em sinal de alerta e medo.

Animais domésticos exóticos

Existem outros tipos de animais que você pode ter em casa, mas alguns necessitam de autorização do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Segue a lista e algumas sugestões

Peixes Ornamentais

peixes-ornamentais

Um aquário cheio de peixinhos atrai pessoas de todas as idades. Algumas montam aquários a seus filhos e outras só por hobby mesmo.

Mas será que elas realmente sabem o que deve ser feito para criar peixes ornamentais em casa?

Uma maneira de ter um aquário de boa qualidade e peixes saudáveis, que poderão viver por muitos anos, é preciso tomar alguns cuidados básicos como: Troca de água, higienização, temperatura e alimentação.

Saguis

sagui

Um amigão para mais de dez anos, divertido e extremamente brincalhão são uma de suas características, em criações domésticas ele se apega muito ao dono.

Com seu jeito esperto, amigável e cheio de graça, o pequeno macaquinho conquista a todos.

Adquirindo um sagui, devemos ter alguns cuidados básicos como:

Um bom viveiro, rigoroso manejo sanitário, e a alimentação do sagui deve ser diversificada, forneça frutas, como: banana, maçã, mamão, manga, uva, laranja e diversas outras qualidades e tipos de frutas.

Já os legumes, ofereça: vagem, cenoura, batata-doce, quiabo, beterraba e inhame, todos cozidos e sem sal.

Inclua também pequenas porções de frango desfiado, carne, soja, ovos, queijo fresco, grilos ou tenébrios (eles adoram).

Você também pode dar: ervilhas, arroz integral, feijão, lentilhas, milho cozido, pão, iogurte, bolacha de água e sal, geleia de mocotó, goma sem açúcar, favos de mel ou girassol.

O leite pode ser misturado com um suplemento alimentar para humanos, encontrado em supermercados.

Em alguns estabelecimentos você também encontra ração.

Chocolates e salsichas não podem ser fornecidas em hipótese nenhuma, pois podem ser fatais.

Cuidados com a reprodução.

Sol diário.

Jabutis e Tartarugas

jabuti-e-tartaruga

Se está pensando em adquirir um destes animais domésticos, você precisa saber todos os cuidados necessários para que estes animais domésticos vivam com muita saúde.

O Jabuti, você deve alimenta-lo uma vez ao dia, com legumes, frutas, verduras e queijo branco, as verduras de preferência as verde-escuras.

Semanalmente, carne moída misturada com suplemento de cálcio para reforçar ainda mais o cardápio.

Você também encontra rações específicas em lojas especializadas.

Já a alimentação dos tigres d’agua, existem rações e acessórios próprios, mas é sempre bom diversificar, dando a estes animais domésticos: tenébrios, carne moída crua, artêmias, besouros e amendoim na água, variando de uma a duas vezes na semana.

Sol diariamente.

Aos interessados, o primeiro passo é se instruir em toda regulamentação exigida pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Iguanas

iguana

Dentro do terrário: Você deve conter troncos e galhos, uma pequena quantidade de terra e pedriscos no chão, se preferir pode substituir por casca de árvore moída ou cacto à venda em lojas especializadas.

Por baixo deve ter carpetes absorventes e atóxicos.

Boa Iluminação e umidade.

A alimentação geralmente são rações importadas. Na falta delas você pode alimentá-las com legumes, verduras e frutas cruas, de preferência com tonalidade mais escura.

Flores como: rosas e hibiscos. Mel são boas opções além, de complementar com proteína animal como: ração para gatos ou pequenos insetos.

Aos interessados, o primeiro passo é se instruir em toda regulamentação exigida pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Mini Pig / Micro porco

mini-porco

Os porcos, que eram associados a bagunça, imundície e sujeira, atualmente, estão conquistando boa parte dos lares brasileiros.

E não apenas em nossas mesas, como deve estar pensando, mas como animais domésticos.

Pois é, estes porquinhos, famosos “mini porcos” ou “mini pigs”, são linhagens do acasalamento entre raças de suínos.

Sempre vacine.

As refeições devem ser equilibradas. Os mini pigs são “gulosos” e dificilmente vão negar comida, é sua responsabilidade cuidar de sua boa alimentação.

A ração especial do mini pig é composta por muitos nutrientes e fibras essenciais para o desenvolvimento saudável. Devendo ser sua principal refeição diária, assim ajuda a controlar o peso.

Eles adoram tomar banho.

Proteja a pele do seu porquinho, pois ela é extremamente sensível e precisa de cuidados especiais, é indispensável o uso de protetor solar, além de hidratantes, assim não ocorrerá nenhum tipo de ressecamento excessivo.

Eles também precisam de atenção como os cachorros e certamente um cantinho especial.

Salamandra

salamandra

Um aquário é essencial na criação das salamandras, axolote, tritão.

As salamandras se alimentam de diversos vermes, insetos, grilos e minhocas facilmente encontrados na maioria das lojas de animais.

Temperatura e Iluminação para salamandras devem ser adequadas conforme sua espécie.

Aos interessados, o primeiro passo é se instruir em toda regulamentação exigida pelo IBAMA(Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Cobras

cobra

Instrua-se sobre elas, veja suas necessidades alimentares, hábitos e habitat. Só assim irá entender a melhor maneira de cuidar de seus animais domésticos, esteja preparado para cuidar bem.

Ache um bom criador para fazer a compra.

O aquário é uma ótima opção em ser o lar de seus animais domésticos, além de fonte de calor, forro, termômetros, recipiente com água de tamanho suficiente o bastante para que fique totalmente submersa, objetos escaláveis e um lugar de descanso, desde que caiba enrolada.

A melhor comida para elas são animais congelados, adquira-o congelado e descongele-o em casa, depois basta alimentá-la. Veja se não haverá problemas com isso.

Veja se todos de sua família concordam com a ideia de viver com este animal, pois caso você não esteja presente, alguém precisa alimentá-la.

São ótimos animais de estimação e boas amigas. Crie laços de amizade e aproveite.

Aos interessados, o primeiro passo é se instruir em toda regulamentação exigida pelo IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Corujas

coruja

Quanto mais calmo e espaçoso for o ambiente e com pequeno tráfego de pessoas, melhor. As corujas gostam de temperaturas mais amenas. O local deve ser bem higienizado diariamente.

O Viveiro precisa ter um tamanho adequado, pois antes de pousar a coruja bate, pelo menos, cinco vezes suas longas asas.

Disponibilize uma caixa de madeira para servir de esconderijo durante o dia. Poleiros devem ficar onde há sombreamento, este tipo de ave gosta mais do escuro.

O prato predileto de sua coruja são pequenos animais vivos, como: insetos, gafanhotos, roedores, pássaros de pequeno porte e larvas.

Se preferir alimente-os com animais já mortos, mas é necessário um tempo até a adaptação.

Higienização do local são importantes. Os dejetos da coruja apresentam mau cheiro e consistência pastosa. O uso de areia para forrar o chão facilita a manutenção.

Aos interessados, o primeiro passo é se instruir em toda regulamentação exigida pelo IBAMA(Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Tarântulas

tarantula

Sempre verifique seu animal de estimação. Existem diversas tarântulas com necessidades diferentes.

Compreenda plenamente sua dieta, condições de temperatura e níveis de umidade. Grande parte das tarântulas se alimenta de moscas, pequenos sapos, grilos, camundongos e lagartos, variando conforme o tamanho e espécie.

Adquira um local apropriado à sua tarântula.

Use um gabinete ou tanque que atenda às necessidades de sua tarântula. Podendo variar de acordo com a espécie e tamanho.

Coloque substratos (aproximadamente 5 cm) na parte inferior, evitando que o tanque fique seco, mantendo a névoa e umidade do tanque.

Forneça a seu Pet uma fonte de água, um recipiente, encontrado em lojas de animais ou simplesmente uma tampa de um frasco plástico, variando conforme o tamanho de seus animais domésticos.

O recipiente deve ser grande o suficiente para que seus animais domésticos possam submergir suas quelíceras e suas presas para beber água.

Decore o local conforme as necessidades de sua espécie.

Espécies que vivem em árvores o ideal é ter galhos e coisas altas para subir, já as espécies terrestres não seria uma boa opção, pois poderiam cair e ferir-se.

Forneça uma forma de segurança, pode ser uma toca ou esconderijo, como um vaso de barro parcialmente enterrado.

Isso permite que seu animal de estimação se esconda da luz, reduzindo o estresse.

A alimentação é barata e simples. Todas são insectívoras, ou seja, elas comem insetos!

Elas também são oportunistas, capazes de comer pequenas cobras, lagartos, mamíferos, aves e ratos. Grilos são sua principal dieta em cativeiro, embora alguns alimente-as com baratas.

Grilos são mais fáceis de ser encontrados em lojas.

Aves (Cacatua, Araras, Papagaios e outras)

aves

A gaiola adequada dependerá do tipo de ave, então saiba antes qual espécie você tem ou irá escolher para realizar a melhor compra.

Antes de determinar o que sua ave irá comer, saiba quais sementes e rações são especiais a espécie. Troque os grãos diariamente e retire os restos de comida da gaiola para não apodrecerem.

Os pássaros não precisam se limpar tanto quanto outros tipos de animais.

Esses animais gostam de se banhar para se refrescar em climas mais quentes, então ofereça água a eles em períodos assim. Além disso, eventualmente dê um osso de siba assim sua ave poderá lixar seu bico e afiá-lo.

A gaiola também deve ser limpa reduzindo as chances de seu pássaro desenvolver infecções bacterianas, virais ou causadas por fungos.

Troque o forro regularmente, limpe as fezes que caírem em brinquedos ou poleiros e tire alimentos não comidos que se acumulem no chão da gaiola.

Preste sempre atenção no comportamento de seu pássaro. Se ele estiver muito agitado ou desanimado pode ser sinal de algum desconforto ou doença.

Certos sinais físicos também são indícios de problemas, como a troca de plumagem frequente e fora de época. Isso pode ter como causa alimentação inadequada, doenças de pele, parasitas, entre outros.

Furão

furao

Divertidos, curiosos, agitados e dóceis, os furões, também chamados de Ferret, têm uma personalidade muito peculiar e são considerados companheiros ideais para quem está em busca de animais domésticos simpáticos.

Todos os animais a higiene é fundamental e com os furões isso não poderia ser diferente. É importante manter sua gaiola limpa, assim como a rede em que eles costumam descansar.

Os pelos devem ser devidamente escovados e as unhas, aparadas.

Os furões possuem características que devem ser conhecidas por seus tutores, assim a qualidade de vida deles pode ser ainda maior.

Eles têm mania de entrar em espaços estreitos e apertados, por isso é preciso tomar cuidado com ralos, fogões, geladeira, vasos sanitários e máquinas de lavar roupas.

Chinchilas, Roedores (Hamster, ratos, esquilos, mini coelhos e outros)

chinchilas

Uma das vantagens das chinchilas é o seu asseio e higiene. Os roedores são semelhantes aos hamsters e coelhos nesse quesito: não criam pulgas e também não necessitam de banhos.

Devido à sua pelagem muito sensível, basta deixar o animal se limpar por conta própria com uma areia especial, bastante fina, colocada na gaiola. Também é aconselhável colocar serragem no fundo e retirar diariamente as partes sujas de urina.

Apesar da aparência frágil, as chinchilas e roedores são animais bastante resistentes às doenças. Elas vivem de 10 a 20 anos, o que não exclui a necessidade de consultas anuais ao veterinário.

A gaiola ideal de uma chinchila e roedores deve ter, no mínimo dois andares para que possa se movimentar com facilidade. Uma toca para que ela possa se esconder e se proteger de barulhos também é indicada.

Outros itens fundamentais são o bebedouro e o comedouro, além do porta-alfafa, geralmente colocado no lado de fora da gaiola.

Seja qual for suas opções de animais domésticos e principalmente se sua escolha for um exótico, de adquirir junto há criadores ou lojas especializadas e autorizadas pelo IBAMA(Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Criar estes tipos de animais domésticos exige grande responsabilidade, algumas espécies as pessoas adquirem por serem bonitinhas quando pequenas e esquecem que irão crescer e virar adulto.

Algumas são abandonadas em parques como é o caso das tartarugas tigre d´água, iguanas e outros.

Não compre este tipo de animal apenas pelo impulso do momento, pois criá-los exigem responsabilidades.

Lembre-se também que a maioria das clínicas veterinárias não tem atendimento especializado a animais silvestres e exóticos.

Independente de qual seja seu animal de estimação sempre cuide muito bem dele!

No site Daazcavernas você encontra parceiros com diversos produtos a sua escolha, podem ser brinquedos, remédios, rações e muitas outras opções, além de ofertas e cupons de desconto em lojas bem-conceituadas e especializadas no segmento de Pets. Boas compras, seu animalzinho merece!

Confira algumas lojas que selecionamos para você

Petlove
Petdot
Geração pet
Petz
Pet meu Pet

Ajude-nos a ampliar nossa lista de animais domésticos e deixe também sua DICA!