Receba dicas de economia ⭐ conselhos de compras inteligentes 🧡 e ofertas no Blog DaazCavernas 😲 Leia notícias, análises de produtos e muito mais.

Descobrir como montar funil de vendas passa diretamente por conhecer o seu público-alvo. Ao mesmo tempo, é importante saber as características da sua persona e os assuntos pelos quais se interessa.

Por exemplo: o cliente não compra de uma vez, geralmente ele quer ser informado, depois considera o problema e busca a solução. Portanto, a conversão é a última etapa e é a mais fácil, pois ele está propenso a comprar.

O principal é trabalhar bem a informação e criar conexão com o cliente, esses são os dois primeiros estágios. Dessa forma, a seguir veja como montar funil de vendas e descubra cinco passos para ter sucesso nessa empreitada.

Como montar um funil de vendas em 5 passos?

Um bom funil de vendas tem a proposta de fazer o cliente passar de um estágio para o outro. Nesse cenário, ele é inserido no topo, passa pelo meio e chega ao fim, ali a compra acontece e você deve conduzi-lo a recompra.

Embora muitos empreendedores ainda não incentivem os seus clientes a comprarem outra vez, você precisa fugir disso. Em outras palavras, a melhor hora para ele comprar outra vez, é quando termina de fazer a aquisição.

Agora que você entendeu um pouco melhor como montar funil de vendas e está preparado para os próximos passos, é preciso ter os cinco passos. Preste atenção em cada um deles e aplique na prática, depois você conta os resultados.

Receba dicas de economia ⭐ Conselhos de compras inteligentes

1. Defina o topo do seu funil

O topo do funil é o assunto pelo qual a persona se interessa e para entendê-lo é muito fácil. Assim, veja um exemplo de uma pessoa que trabalha no nicho de desenvolvimento pessoal, dando dicas de como ser mais feliz:

  • Alguém infeliz sempre procurará na internet formas de vencer a negatividade e por isso busca alguns assuntos;
  • Um bom exemplo é como esquecer uma tristeza, dicas para elevar a produtividade, como aprender a perdoar, etc.

As dores da sua persona devem ser exploradas assim: toque na dor, indique o remédio e nem sempre queira vender. Lembre-se: para aprender a como montar funil de vendas, você deve entender que o topo é para informar.

2. Opte por onde os esforços de marketing serão aplicados

Cliente bem informado e pronto para converter? Não, porque você não definiu os locais em que ele estará e atualmente podem ser vários. Por exemplo: Ele costuma acessar um blog ou prefere as redes sociais e o YouTube?

Se você usar um canal e o seu cliente estiver em outro lugar, acredite: os seus esforços foram em vão. Além disso, você desperdiçou tempo, dinheiro e a sua capacidade, então estude antes e decida depois.

Ah! E se você está achando muito complicado e acredita que é impossível aprender, foque na sua persona. Desse modo, entende o que ela precisa e resolve o problema, pois você irá criar uma jornada de compra.

3. Diminua o risco

Um dos maiores problemas que existem é a pressa, detalhe: é mais comum do que você imagina. Muitos empreendedores desejam vender a todo custo e a primeira opção que fazem é empurrar uma venda de todo jeito.

Se o seu cliente não for informado e tiver uma relação próxima com você, a chance de a conversão não acontecer é grande. No entanto, isso não significa que você deve abandonar a venda, porque o melhor é oferecê-la na hora certa.

Qual a chance de um vegetariano entrar em uma hamburgueria sem ser informado que lá vendem hambúrgueres sem carne? Certamente que zero, ou seja, é importante trabalhar a informação do seu cliente para depois vender.

4. Eduque os clientes para passarem de um estágio ao outro

Não tem nada mais broxante do que ler um texto do topo do funil com teor de venda. Pior do que isso, é a esperança, que, na verdade, é uma ilusão, do criador do conteúdo acreditando que irá vender.

O máximo que pode acontecer é o cliente fechar a página e nunca mais voltar. Porém, se você educá-los e fazê-los entrar no seu funil de vendas, a conversão acontecerá e o cliente nem percebe, pois está envolvido contigo.

Esse tipo de dica vale para qualquer nicho de mercado, porque a sua função é apenas vender e não ficar preso a um nicho. Afinal, se a sua empresa vender bem e a tecnologia for trocada, você simplesmente se adapta.

5. Crie diferenciais exclusivos para a sua oferta

Por fim, crie diferenciais para a sua oferta e não se esqueça: pessoas compram de pessoas. Entretanto, pense que é uma empresa e por isso o seu conteúdo precisa ser assertivo, único e exclusivo no mercado.

Uma das ferramentas tudo em 1 de Marketing Digital completa é a Leadlovers, alias nós disponibilizamos alguns cupons de desconto leadlovers exclusivos.

Quando a sua oferta se tornar única, a tendência natural é o cliente pensar o seguinte: “eu não posso perder essa chance”. Em seguida, ele clica no botão de comprar e compra, contudo tudo isso não acontece por acaso.

Trabalhe bem o primeiro estágio, foque no segundo e crie conexão, já que no terceiro você fechará a venda. Saber como montar funil de vendas é um misto de tudo isso e agora você aprendeu a criar o seu. Siga em frente!