Receba dicas de economia ⭐ conselhos de compras inteligentes 🧡 e ofertas no Blog DaazCavernas 😲 Leia notícias, análises de produtos e muito mais.

Manter um ambiente de trabalho saudável requer uma série de iniciativas, como boa estrutura, cartão de benefícios atraente. Além disso, é fundamental utilizar alguns tipos de manutenção nos aparelhos, máquinas e equipamentos.

Cada área necessita de um tipo de cuidado específico, seja com manutenção de estoque, de equipamentos de produção e em outros setores. Por isso, é fundamental uma análise constante das condições de cada equipamento e setor.

Para isso, preparamos o texto a seguir com tudo o que você precisa saber sobre alguns tipos de manutenção ideais para garantir a qualidade da sua empresa. Com isso, poder diminuir custos, otimizar produção e correção de problemas.


Navegue no menu em uma das sessões abaixo:

👉 Qual a importância de conhecer os tipos de manutenção
👉 Tipos de manutenção: principais objetivos
👉 3 tipos de manutenção
👉 Tipos de manutenção com a ajuda dos colaboradores
👉 Conclusão


Receba dicas de economia ⭐ Conselhos de compras inteligentes

Qual a importância de conhecer os tipos de manutenção?

Tipos de Manutenção
Tipos de Manutenção

Os diferentes tipos de manutenção consistem em procedimentos que visam garantir a eficiência do equipamento por longo prazo. Afinal, quanto mais utilizados e mais antigos os aparelhos passam por desgastes e falhas.

Logo, a manutenção é importante para garantir o bom funcionamento dos equipamentos da empresa, da indústria e de outros locais para o desenvolvimento do serviço ou produto. Com isso, ele é fundamental para manter a produtividade e a qualidade.

A falta de manutenção frequente nas máquinas e nas empresas pode provocar custos mais altos, com energia elétrica, pausa na produção por algum defeito e muitos outros problemas.

Por isso, é essencial que você conheça os diferentes tipos de manutenção para encontrar o que melhor se encaixa no perfil da sua empresa.

DESCONTOS PARA EMPRESAS

Tipos de manutenção: principais objetivos

Ao entender a importância da manutenção frequente dentro da empresa é possível saber alguns dos objetivos principais da manutenção. Entre eles, é possível destacar a função de garantir a qualidade do serviço ou produto.

Além disso, equipamentos desgastados ou com defeito podem acarretar em acidentes. Por isso, a manutenção tem o objetivo de garantir a segurança para todos os colaboradores. Com isso, proporciona também o funcionamento de aparelhos improdutivos.

Portanto, todas essas responsabilidades da manutenção acarretam na diminuição de custos, como operacionais, logísticos e principalmente financeiros. Logo, a manutenção é fundamental para garantir a saúde financeira e existencial da indústria ou da empresa.

3 tipos de manutenção

Agora que você já sabe a importância de conhecer os tipos de manutenção e porque deve estimular esse serviço na empresa, confira os 3 tipos de manutenção. Vale destacar que cada um possui suas particularidades, por isso defina o mais indicado para sua área.

1- Manutenção Preventiva

Certamente entre os diferentes tipos de manutenção uma das mais conhecidas é a preventiva. Como o nome já deixa a entender, sua principal função é prevenir possíveis danos ou falhas dos equipamentos.

A partir dela é possível diminuir o risco de problemas mais sérios que sejam necessários, como a perda do equipamento. Para funcionar corretamente, a manutenção preventiva precisa ser periódica, o equipamento passa por uma vistoria constante.

A manutenção preventiva funciona como nos carros, ou seja, pode ser baseada no número de vezes que foi utilizada ou horas de funcionamento. Ou pode estar relacionada ao tempo, sendo necessário uma manutenção a cada 3, 6 ou 12 meses.

2- Manutenção Preditiva

Já a manutenção preditiva é um reflexo dos avanços tecnológicos. Com isso, ela é capaz de verificar a situação da máquina ainda nos primeiros dias de uso. Ou seja, é capaz de diagnosticar possíveis falhas a longo prazo.

A partir desse conhecimento é possível evitar que elas sejam tão graves ou até mesmo que elas não venham a acontecer. Por isso, é um dos tipos de manutenção com mais impacto na diminuição de custos, afinal, ela consegue identificar pequenos indícios.

Com isso, pequenas vibrações ou ruídos na máquina são analisados pelos aparelhos e identifica possíveis falhas em decorrência desses indícios. A manutenção preditiva diminui a necessidade da próxima manutenção, a corretiva.

3- Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva também está entre os tipos de manutenção mais comuns, no entanto, ela ocorre quando já há sérios problemas. Portanto, a correção se faz necessária quando os equipamentos já apresentam falhas de produção e de qualidade.

Por isso, a manutenção corretiva é a mais custosa para a empresa, afinal, ela pode resultar na retirada do aparelho por longo período.

Tende a ser uma opção mais custosa pois normalmente só ocorre após a falha do ativo, resultando muitas vezes na interrupção temporária do seu funcionamento.

A manutenção corretiva pode ser caracterizada como paliativa e definitiva. A primeira é uma tentativa de melhorar a condição do equipamento, ou seja, uma solução provisória até a compra de uma peça ou troca do aparelho.

Já a manutenção corretiva definitiva é quando existe uma falha e é criada uma solução que resolve o problema. Ou seja, pode ser a troca imediata de uma peça ou compra de outro equipamento.

Tipos de manutenção com a ajuda dos colaboradores

Agora que você já conhece os 3 tipos de manutenção mais comuns é preciso entender que todos os colaboradores são responsáveis pela conservação dos equipamentos. Por isso, é fundamental que a empresa ofereça treinamentos para manuseio das máquinas.

Com isso, é possível que os operadores dos equipamentos tenham mais conhecimentos sobre o que deve ou não durante o funcionamento das máquinas. De modo geral, grande parte das falhas são ocasionadas por mau uso dos equipamentos.

Portanto, é fundamental que eles tenham conhecimento profundo sobre o seu setor, suas atividades e como utilizar cada equipamento. Isso vale desde o equipamento mais simples e pequeno para as máquinas gigantes das indústrias.

Conclusão

Com todas as informações apresentadas no texto é possível conhecer os 3 tipos de manutenção mais conhecidos do mercado. Além disso, entender a importância da manutenção regular para a conservação dos equipamentos.

A partir dos cuidados contínuos é possível garantir e até postergar a vida útil das máquinas, além de possibilitar o funcionamento completo da produção. De modo geral, os cuidados periódicos precisam partir dos colaboradores, evitando danos mais severos.

Entre os tipos de manutenção mais comuns podemos destacar a manutenção preventiva, preditiva e corretiva.

Cada uma à sua maneira, busca oferecer a possibilidade de manter o crescimento da empresa.

DESCONTOS PARA EMPRESAS